Batismo Pelos Mortos

ldsbaptism.: É O BATISMO PELOS MORTOS UMA PRÁTICA CRISTÃ?

1 CORÍNTIOS 15:29: “Doutra maneira, que farão os que se batizam por causa dos mortos? Se, absolutamente, os mortos não ressuscitam, por que se batizam por causa deles?”

POSIÇÃO MÓRMON:

Os Santos dos Últimos Dias (Mórmons), acreditam que o batismo em água por imersão “é a primeira ordenança de salvação do evangelho”. …Todos os que buscam a vida eterna devem seguir o exemplo do Salvador por serem batizados e receberem a dádiva do Espírito Santo”. (True to the Faith, 2004, pág. 21. Edição em inglês). O Batismo, de acordo com o Mormonismo, é um pré-requisito para receber a “dádiva do Espírito Santo” e é um passo essencial no processo de ser-se exaltado ao mais alto nível no céu. Acreditando que os parentes falecidos não-Mórmons terão uma oportunidade de receberem o “evangelho restaurado” Mórmon enquanto na “prisão-espírito”, os Santos dos Últimos Dias encarregam-se de ajudar a “salvá-los” por se envolverem num batismo substituto em prol dos seus ancestrais mortos. O Apóstolo Mórmon Bruce R McConkie explica:

“…embora mantidos cativos na prisão-espírito, estes prisioneiros da esperança olham com desejo e expectativa a sua redenção…a redenção que apenas estará completada após o batismo pelos mortos ter sido realizado por eles nesta esfera mortal onde existe água.” — Mormon Doctrine, pág. 601. Edição em Inglês

Apelando para 1 Coríntios 15:29 e Hebreus 11:40 por apoio Bíblico, Joseph Smith afirmou que “a grande responsabilidade neste mundo que Deus colocou sobre nós [Mórmons] é procurar pelos nossos mortos….todo o espírito no mundo eternal pode ser investigado e salvo….E deste modo vocês podem ver até que ponto podem ser um salvador….Esta doutrina era o ónus das escrituras. Aqueles Santos que o negligenciarem em benefício dos seus parentes falecidos, fazem-no pondo em perigo a sua própria salvação.” (Teachings of the Prophet Joseph Smith, 1976, de Joseph Fielding Smith, pág. 356-357, 193. Edição em inglês)

RESPOSTA BÍBLICA:

Contrário às afirmações do Mormonismo, o batismo físico não é um pré-requisito para a salvação. Em Lucas 23:43, nós lemos que Jesus assegurou ao ladrão na cruz (que não havia sido batizado), que ele estaria “com” Ele no paraíso naquele dia, simplesmente porque acreditou. O apóstolo Paulo fez a distinção entre o “evangelho” e o “batismo” quando ele proclamou aos crentes Coríntios: “Dou graças [a Deus] porque a nenhum de vós batizei… Porque não me enviou Cristo para batizar, mas para pregar o evangelho; não com sabedoria de palavra, para que se não anule a cruz de Cristo.” (1 Coríntios 1:14, 17) Paulo não apenas rejeita a noção de que o “batismo” era parte do “evangelho”, mas repetidamente afirmou a salvação pela “fé” aparte de obras (veja Romanos 4:5, 11:6). Para além disso, nós vemos que o batismo não é um requerimento para receber Espírito Santo. Em Atos 10:44-47, nós lemos acerca de incidente onde crentes receberam a dádiva do “Espírito Santo” antes de serem batizados.

Assim como as Escrituras Bíblicas apresentam o batismo como sinal (não como selo) da salvação, não existe nenhuma indicação nas Escrituras de que os primitivos cristãos se tenham empenhado na prática do “batismo pelos mortos”. O único lugar em que a prática é mencionada é em 1 Coríntios 15:29. É importante notar que nesta passagem, Paulo exclui a si mesmo e aos crentes cristãos a quem falava pelo uso do termo “se batizam” em referência a esta prática. É provável que Paulo tivessem em mente grupos heréticos, tais como os Ceríntios e os Marcionitas, que praticavam uma forma de batismo pelos mortos. Parece que Paulo estava apontando para grupos tais como estes, como exemplos daqueles cujas práticas seriam fúteis se Cristo não tivesse, de facto, sido levantado dos mortos. Se esta prática é de facto essencial para a salvação, nós podemos perguntar o porquê da falta de ênfase na Bíblia e no Livro de Mórmon? Com a pesquisa genealógica sendo uma atividade necessária para o “batismo pelos mortos”, nós perguntamos porque a Bíblia avisa contra  estas práticas, quando declara:

“Evita discussões insensatas, genealogias, contendas e debates sobre a lei; porque não têm utilidade e são fúteis.” — Tito 3:9

Nem se ocupem com fábulas e genealogias sem fim, que, antes, promovem discussões do que o serviço de Deus, na fé.” — 1 Timóteo 1:4

Assim, nós concluímos que, contrário à noção Mórmon de que todos nós podemos ser “salvadores” por redimir os nossos ancestrais mortos através do batismo, a Bíblia proclama:

Ao irmão, verdadeiramente, ninguém o pode remir, nem pagar por ele a Deus o seu resgate.” — Salmos 49:7

PARA MAIS INFORMAÇÃO VEJA:

bullets É o Batismo em Água Essencial para a Salvação? (4witness.org)

Print Friendly, PDF & Email

This post is also available in: Inglês Espanhol