O testemunho de Lee

lee .: O TESTEMUNHO DE LEE B.

Link Artigos de Lee

Como ex-Bispo Mórmon e membro da Igreja por mais de 32 anos, eu vim a conhecer o Senhor Jesus Cristo. Ele colocou diante da minha esposa e de mim, cinco anos de provas espirituais e emocionais, para que melhor conhecêssemos a Sua graça.

A ação mais esclarecedora e recompensadora que um membro da fé Mórmon pode realizar é precisamente o que nos pediram para fazer: “Estudar o Evangelho Restaurado de Jesus Cristo e os ensinos dos Profetas da Restauração”. Pela minha experiência familiar pessoal, um dos mais perigosos aspetos de vir a saber que a Igreja SUD é falsa, e certamente o mais ameaçador efeito a longo prazo deste conhecimento, é o pensamento que: “se eu estava errado acerca da fé SUD, é possível que eu também tenha sido enganado pelo Cristianismo também?”. Eu conheço bem o medo desencorajador e deprimente de considerar que, assim como fui completamente enganado, talvez eu tenha encorajado o engano pelo meu profundo desejo de que isso fosse verdadeiro.

Quando alguém deixa a Igreja SUD, baseado numa testemunha confiável de que a própria Doutrina dessa Igreja não está em harmonia com os ensinos de Jesus Cristo, essa compreensão e a ação que alguém toma em prol desse compromisso, é apenas o pequeno passo para uma mais próxima (e certamente mais correta) relação com Jesus Cristo. Expor a malícia do Mormonismo não é a verificação que o próprio Cristianismo é errado, apenas que a versão distorcida dos Mórmons do Cristianismo é errado. De facto, são os ensinos excepcionalmente delicados e legítimos do próprio Cristo que expõem os erros grosseiros. Estes mesmos ensinos, os principais entre eles: A Sua Expiação por nós, não o ensino de Brigham Young sobre a Expiação do Sangue, A Sua Graça, e não apenas as boas obras dos Pioneiros Mórmons, que se apresentam como exemplo da Sua Missão divina em nosso benefício. O facto permanece de que, se nós como ex-Mórmons, estivemos cegos por um tempo e contudo mantivemo-nos crentes Nele, nós não perdemos nada, pois Ele nunca nos abandonou e nós nunca o deixamos. A sua orientação para nós foi apenas momentaneamente distorcida pelos ensinos do Mormonismo.

Eu passei muitos anos em várias posições de Liderança na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, documentando, verificando e estudando, especificamente, os ensinos originais da Igreja. Eu descobri que muitos dos mais fundamentais destes ensinos estão em completa desarmonia com os ensinos do Senhor na Bíblia.

Aos meus anteriores Irmãos e Irmãs Mórmon, o meu testemunho é este: que Jesus é o Cristo e que nós não precisamos de adorá-lo por detrás das nuvens negras de homens que nos levam a crer que Ele é individualmente o autor da Poligamia, Poliandria, Expiação do Sangue, Mentir para o Senhor, ou a miríade de outras corrupções pessoalmente motivadas. Ele quer uma relação direta e muito pessoal com cada um de nós, visto que Ele resgatou nossos pecados. Não através de um labirinto de mudanças doutrinais ou através de intermináveis camadas de oficiais administrativos e secretários executivos ou oficiais executivos da igreja, comités, conselhos ou presidências. Ele quer que vocês o conheçam verdadeiramente. Saibam que um doce e espiritualmente gratificante relacionamento com o Senhor Jesus Cristo espera-vos, à medida que se descartam dos ensinos singulares do Mormonismo. Leiam e estudem toda a Doutrina e Ensinos Mórmon que puderem, e então questionem o vosso Bispo se ficarem confusos. Deste modo você vai saber que o Senhor não é o autor do Mormonismo, e você será capaz de deixar a Igreja SUD para adorá-Lo em verdade pura e graça.

Eu documentei a minha excomunhão forçada da fé Mórmon, por fazer perguntas e procurar pela verdade em: Mormonism – A Life Under False Pretenses – The True Story of a Mormon Bishop’s Journey of Discovery (Mormonismo – Uma Vida Baseada em Falsos Pretextos – A Verdadeira História da Jornada de um Bispo Mórmon).

lee-bookNo meu livro, eu discuto a diferença fundamental que coloca a Igreja Mórmon aparte de todas as igrejas Cristãs verdadeiras — a sinistra e egotista distorção da própria personalidade e carácter do Senhor Jesus Cristo. Para o Mormonismo ser verdadeiro, o próprio Cristo teria de ter sido corrupto e se tornado naquele que autorizou e desculpou o horrível comportamento e os actos praticados no passado pelos Profetas Mórmons, com respeito às motivações de seus actos inqualificáveis.

A defesa destas deturpações repugnantes da própria natureza e carácter do Senhor continua hoje dentro das paredes das capelas e templos Mórmon ao redor do mundo. O meu livro examina exemplos do mundo real de como esses ensinos são encobertos de modo que a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias seja capaz de se esconder melhor entre os verdadeiros crentes no misericordioso Salvador de toda a humanidade, Cristo Jesus. No Mormonismo, Ele e o Seu santo nome têm sido desgraçadamente usados para que homens egoístas possam ganhar certa medida de poder, prestígio e perversão.

Este livro reconta as verdadeiras experiências da minha vida enquanto Bispo Mórmon, o qual, por mais de trinta anos como Sumo-Sacerdote, Presidente do Quorum de Anciãos e membros dos três Altos Concelhos para a Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, os Mórmons. Eu participei em centenas de Doações em Templos Mórmon e testemunhei em primeira-mão a prática de cerimónias rituais, nas quais a tomada da vida humana foi simulada, tudo em nome de Jesus Cristo.

Se você quiser uma cópia do meu livro, Mormonism – A Life Under False Pretenses – The True Story of a Mormon Bishop’s Journey of Discovery (Mormonismo – Uma Vida Baseada em Falsos Pretextos – A Verdadeira História da Jornada de um Bispo Mórmon), está disponível na amazon.com. (Apenas a edição em inglês)

Muito Sinceramente e no Nome Santo de Cristo, Lee B. Baker

Print Friendly, PDF & Email

This post is also available in: Inglês Espanhol