São necessários profetas e apóstolos para a igreja de hoje?

Bible Scripture

SÃO NECESSÁRIOS PROFETAS E APÓSTOLOS PARA A IGREJA DE HOJE?

— 1 CORÍNTIOS 12:28: “A uns estabeleceu Deus na igreja, primeiramente, apóstolos; em segundo lugar, profetas…”

ARGUMENTO MÓRMON:

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (SUD), aponta para várias Escrituras bíblicas para afirmar que Deus lidera a verdadeira Igreja através de “Profetas” e “Apóstolos”, assim como Ele fez nos tempos bíblicos. Assim, Igrejas Cristãs que não afirmam ser lideradas por “Profetas” e Apóstolos” vivos são ridicularizadas pelos Mórmons como não tendo a plena autoridade que a Igreja SUD afirma possuir hoje. Algumas das mais comuns Escrituras usadas pelos Mórmons para apoiar esta crença são:AMÓS 3:7: “Certamente, o SENHOR Deus não fará coisa alguma, sem primeiro revelar o seu segredo aos seus servos, os profetas.” 1.

  • 1 CORÍNTIOS 12:28: “A uns estabeleceu Deus na igreja, primeiramente, apóstolos; em segundo lugar, profetas…”
  • EFÉSIOS 2:19-20: “…sois da família de Deus;  edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular.
  • EFÉSIOS 4:11-12: “E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo.”

RESPOSTA BÍBLICA:

Nós concordamos com a afirmação Mórmon de que “profetas” e “apóstolos” são para a igreja cristã de hoje, 2. mas diferimos do entendimento SUD sobre os papéis que estes indivíduos ocupam dentro da igreja. No Mormonismo, apenas um homem é designado para a posição de “Profeta” a cada vez na Igreja SUD, mas na igreja do Novo Testamento nós encontramos múltiplos profetas existindo ao mesmo tempo.

“Havia na igreja de Antioquia profetas e mestres… — Actos 13:1 “Judas e Silas, que eram também profetas, consolaram os irmãos com muitos conselhos e os fortaleceram.” — Actos 15:32

“Tratando-se de profetas, falem apenas dois ou três, e os outros julguem. Se, porém, vier revelação a outrem que esteja assentado, cale-se o primeiro. Porque todos podereis profetizar, um após outro, para todos aprenderem e serem consolados. Os espíritos dos profetas estão sujeitos aos próprios profetas.” — 1 Coríntios 14:29-32

Enquanto um Profeta Mórmon é encarado como possuindo suprema autoridade sobre todos os outros líderes dentro do Mormonismo, não era assim na primitiva igreja cristã do Novo Testamento. O único Profeta da Igreja Cristã que detém autoridade suprema é Jesus Cristo. Todos os outros profetas estão abertos à crítica e escrutínio. De fato, nós vemos um exemplo do Apóstolo Paulo no Novo Testamento corrigindo e instruindo os “profetas” na igreja de Corinto com respeito às práticas em 1 Coríntios 14:24, 29-32. Tal correcção é inédita na Igreja SUD.

O TESTE DO PROFETA: Em último caso, cada profeta é para ser julgado pelos profetas contemporâneos dos seus dias (1 Coríntios 14:29-32) e testado de acordo com as verdades das Escrituras (Actos 17:11). Para que um “profeta” passe o teste de ser um verdadeiro profeta de Deus, ele ou ela, deve apresentar 100% de exatidão, quer na doutrina e na proclamação de eventos futuros:

“Porém o profeta que presumir de falar alguma palavra em meu nome, que eu lhe não mandei falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta será morto. Se disseres no teu coração: Como conhecerei a palavra que o SENHOR não falou? Sabe que, quando esse profeta falar em nome do SENHOR, e a palavra dele se não cumprir, nem suceder, como profetizou, esta é palavra que o SENHOR não disse; com soberba, a falou o tal profeta; não tenhas temor dele.” — Deuteronômio 18:20-22

À lei e ao testemunho! Se eles não falarem desta maneira, jamais verão a alva.” — Isaías 8:20

Não apenas os “Profetas” SUD falharam o teste de exatidão por profetizar eventos futuros que nunca vieram-se a cumprir, 3. como falharam no teste da doutrina. Quando Joseph Smith ensinou: “O próprio Deus foi outrora assim como nós somos atualmente, e é um homem exaltado,” 4. ele claramente cruzou a linha para a categoria de falso profeta ao proclamar um “deus” “em vez” do verdadeiro Deus da Bíblia (João 4:24; Números 23:19).

“Quando profeta ou sonhador se levantar no meio de ti e te anunciar um sinal ou prodígio, e suceder o tal sinal ou prodígio de que te houver falado, e disser: Vamos após outros deuses, que não conheceste, e sirvamo-los, não ouvirás as palavras desse profeta ou sonhador; porquanto o SENHOR, vosso Deus, vos prova, para saber se amais o SENHOR, vosso Deus, de todo o vosso coração e de toda a vossa alma. — Deuteronómio 13:1-3

O FUNDAMENTO DOS PROFETAS:

“Sois da família de Deus …edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular.” — Efésios 2:20

Efésios capítulo dois versículo 20 fala do papel funcional que os apóstolos e profetas providenciaram à igreja cristã primitiva. Estes profetas mantinham uma posição especial como líderes do povo de Deus, porque eles recebiam revelações diretas de Deus e comunicavam isso ao Seu povo. É neste contexto de receber a revelação de Deus que Amós 3:7 assegurou ao povo de Deus:

“Certamente, o SENHOR Deus não fará coisa alguma, sem primeiro revelar o seu segredo aos seus servos, os profetas.” — Amós 3:7

Desde que Deus revelou Seu “segredo” at“Certamente, o SENHOR Deus não fará coisa alguma, sem primeiro revelar o seu segredo aos seus servos, os profetas.” — Amós 3:7  ravés de revelações e profecias que foram dadas através dos tempos bíblicos, muitas destas revelações foram escritas nas Escrituras do Antigo e Novo Testamento. Estes escritos formam a fundação profética necessária para a bíblica igreja cristã de hoje conhecer e seguir a vontade de Deus. (2 Timóteo 3:16).

“A Lei e os Profetas vigoraram até João; desde esse tempo, vem sendo anunciado o evangelho do reino de Deus, e todo homem se esforça por entrar nele.” — Lucas 16:16

“Havendo Deus, outrora, falado, muitas vezes e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias, nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, pelo qual também fez o universo.” — Hebreus 1:1-2

Embora o Espírito Santo tenha vindo sobre vários homens de Deus nos tempos do Antigo Testamento, eles não tinham o Espírito Santo de Cristo habitando neles como os cristãos hoje em dia. Deste modo, seguidores de Deus no Antigo Testamento tinham que confiar nas revelações das Escrituras e nas profecias dos profetas que viveram nos seus dias, de modo a saber a vontade de Deus. Embora “havendo Deus outrora, falado…pelos profetas”, nos nossos dias Ele “nos falou pelo Filho” (Hebreus 1:1-2). Assim, cada cristão é capaz de receber revelação direta através de um relacionamento pessoal com o Filho de Deus, Jesus Cristo!

COMO O PROFETA SUPREMO LIDERA A IGREJA DE DEUS HOJE:

Quando Jesus Cristo veio, a posição de profeta supremo foi transferida de um líder humano mortal (na altura João Batista), para Jesus Cristo que se tornou a pedra angular e fundação da igreja. (Veja 1 Coríntios 3:11; Efésios 2:20.) É por isso que Lucas 16:16 declara que “os Profetas vigoraram até João…” É-nos dito que os Profetas terminaram com João Batista, porque ele preparou o caminho para o Profeta final, o Senhor Jesus Cristo. João foi a “…voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor” (Marcos 1:3). Assim como nós, João Batista proclamava o que Jesus faria, sacrificando-se pelos pecados da humanidade, “sendo anunciado o evangelho do reino de Deus, e todo homem se esforça por entrar nele” (Lucas 16:16).

Todos os que têm sido adotados pelo Reino de Deus não mais precisam de um “profeta” humano assim como Moisés para estar diante e mediar as revelações de Deus à igreja, porque Jesus Cristo é o nosso único mediador (1 Timóteo 2:5). Ele providencia revelação direta de Deus a cada crente cristão através do Espírito Santo. Jesus prometeu que quando Ele deixasse a terra, Ele iria enviar o Seu Espírito Santo para estar connosco para sempre (João 14:16-17; 16:7), para nos “ensinar” “todas as coisas” (João 14:26;) e para nos guiar “a toda verdade” (João 16:13). Visto que temos a maravilhosa orientação do Espírito de Cristo, cristãos não precisam de um líder mortal servindo como “profeta” supremo, ensinando a verdade à Igreja de Deus hoje em dia.

Todos os profetas do Antigo Testamento apontaram para a futura vinda de Cristo. É deste modo que as Escrituras declaram que João foi o último profeta a liderar o povo de Deus. João apontou para a futura vinda de Jesus Cristo, enquanto todos os “profetas” do Novo Testamento (depois dele) apontaram para Cristo e Seu Reino.

Old Testament Prophets -> Jesus Christ <- New Testament Prophets

“Porque todos os Profetas e a Lei profetizaram até João. E, se o quereis reconhecer, ele mesmo é Elias, que estava para vir.” — Mateus 11:13-14 “Não penseis que vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim para revogar, vim para cumprir.” — Mateus 5:17

Embora Jesus tenha cumprido o papel de “profeta” supremo do povo de Deus, “profetas” humanos continuam a ministrar à igreja cristã através de dons de profecia e palavras do conhecimento que são baseadas na verdade das Escrituras e trazem-nos edificação espiritual, exortação e conforto.

“Segui o amor e procurai, com zelo, os dons espirituais, mas principalmente que profetizeis. Mas o que profetiza fala aos homens, edificando, exortando e consolando. — 1 Coríntios 14:1, 3 “Porque a um é dada, mediante o Espírito, a palavra da sabedoria; e a outro, segundo o mesmo Espírito, a palavra do conhecimento.” — 1 Coríntios 12:8

MULHERES PROFETISAS NA IGREJA: 

Outra distinção entre “profetas” da Igreja Mórmon e aqueles do cristianismo do Novo Testamento é o fato de que mulheres estavam incluídas nos “profetas” que formaram a fundação da Igreja. Enquanto nenhuma mulher jamais foi alguma vez eleita à posição de “Profeta” na Igreja Mórmon, mulheres profetas de Deus foram usadas através dos tempos Antigo e Novo Testamento. Abaixo estão algumas das muitas mulheres profetas de Deus que foram mencionadas nas Escrituras:

“A profetisa Miriã, irmã de Arão, tomou um tamborim, e todas as mulheres saíram atrás dela com tamborins e com danças.” — Êxodo 15:20

Débora, profetisa, mulher de Lapidote, julgava a Israel naquele tempo.” — Juízes 4:4

“Havia uma profetisa, chamada Ana, filha de Fanuel, da tribo de Aser, avançada em dias, que vivera com seu marido sete anos desde que se casara.” — Lucas 2:36

“…entrando na casa de Filipe, o evangelista, que era um dos sete, ficamos com ele. Tinha este quatro filhas donzelas, que profetizavam.” — Atos 21:8-9

“E acontecerá nos últimos dias, diz o Senhor, que derramarei do meu Espírito sobre toda a carne; vossos filhos e vossas filhas profetizarão, vossos jovens terão visões, e sonharão vossos velhos.” — Atos 2:17

Estes exemplos demonstram que Deus não discrimina entre géneros na Sua distribuição de papéis proféticos dentro da Igreja cristã, assim como nós vemos na Igreja SUD hoje em dia.

A FUNDAÇÃO DOS APÓSTOLOS:

“A uns estabeleceu Deus na igreja, primeiramente, apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois, operadores de milagres; depois, dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.” — 1 Coríntios 12:28

Primeira Coríntios capítulo doze e versículo vinte e oito fala da ordem de autoridade que Deus deu. Os “apóstolos” foram estabelecidos “primeiro” na Igreja por Ele. Isto é lógico  pois a palavra grega para “apóstolo” é ἀπόστολος (apostolos) e significa: “mensageiro, aquele que é enviado.”” 5.  Assim, habitualmente o “primeiro” líder de uma nova igreja era o apóstolo/missionário que a fundava. Em Atos, nós vemos os Apóstolos Paulo e Barnabás sendo “enviados” como missionários do Evangelho para iniciar igrejas através das regiões gentias (não-judaicas) do império Romano, e o Apóstolo Pedro, Tiago e João sendo “enviados” para serem missionários ao povo Judeu.

“And when James, Cephas, and John, who seemed to be pillars, perceived the grace that was given unto me, they gave to me and Barnabas the right hands of fellowship; that we should go unto the heathen, and they unto the circumcision.” —Galatians 2:9

A juntar às atividades missionárias, os Apóstolos serviam a igreja cristã através do ensino e exortação. Isto é certamente verdade em relação ao Apóstolo Paulo, cujas múltiplas cartas às igrejas constituem uma larga maioria das Escrituras do Novo Testamento. Do mesmo modo que aos ensinos dos “profetas” era requerido concordarem 100% com os ensinos das Escrituras, assim era com os Apóstolos do Novo Testamento. Por exemplo, os ensinos do Apóstolo Paulo foram mantidos debaixo de escrutínio antes dos cristãos de Beréia aceitarem as suas doutrinas como verdade e seu estudo deste assunto foi elogiado.

“Ora, estes de Beréia eram mais nobres que os de Tessalônica; pois receberam a palavra com toda a avidez, examinando as Escrituras todos os dias para ver se as coisas eram, de fato, assim.” — Atos 17:11

Resumindo, enquanto nós concordamos que “profetas” e “apóstolos” servem a igreja cristã de hoje de modo limitado daquilo que faziam na igreja do tempo do Novo Testamento, nós notamos várias distinções entre a visão Mórmon destes papéis e a visão das Escrituras e as resumimos na seguinte tabela:

PROFETAS E APÓSTOLOS MÓRMON

PROFETAS E APÓSTOLOS BÍBLICOS

Apenas um Profeta lidera a Igreja SUD de cada vez.

Vários Profetas serviam a Igreja simultaneamente.

O Profeta SUD detém a suprema autoridade, não é permitido criticismo, nem mesmo dos apóstolos.

Apenas Jesus Cristo é o Profeta supremo da Igreja Cristã cujos ensinos não são criticáveis. Todos os outros profetas são escrutinizados e corrigidos pelos profetas e apóstolos contemporâneos.

Revelação direta de Deus é dada apenas ao Profeta SUD.

O Espírito Santo dá revelação direta, não apenas aos profetas, mas também aos apóstolos. Revelação pessoal do Espírito Santo de Deus está também disponível a todos os crentes cristãos.

Apenas o Profeta SUD possui autoridade para revelar as Escrituras. As palavras do Profeta vivo possuem mais peso do que as palavras de anteriores Profetas, Apóstolos e Escrituras já escritas. É comum novas revelações SUD contradizerem anteriores revelações.

As palavras dos Profetas e Apóstolos produziram o Antigo e Novo Testamento para a Igreja. Todas as novas revelações TÊM de estar de acordo com anteriores revelações das Escrituras antes de serem aceites como verdade pela igreja.

Profetas são sempre homens, nunca mulheres.

Profetas são ambos homem e mulher.

1. Todas as citações bíblicas são retiradas da tradução Almeida Revista e Atualizada.

2. Nós não apoiamos o movimento “Latter Rain” no Cristianismo que resultou no “Kansas City Prophets”, e em outros falsos chamados “profetas” e “apóstolos” do “New Apostolic Reformation.”

3. Veja as profecias do templo em Doutrina e Convênios 84:3-5 e 115e outras.

4. Ensinos do Profeta Joseph Smith, de Joseph Fielding Smith, 1976, pág. 345 (em inglês)

5. Concordância Exaustiva da Bíblia de Strong, Dicionário Grego do Novo Testamento #652, pág. 15

Print Friendly, PDF & Email

This post is also available in: Inglês Espanhol